terça-feira, 2 de abril de 2013

«Conversas com Pais», de Eva Delgado-Martins

Editora: Caminho
Ano de Publicação: 2013
Nº de Páginas: 184
Depois da sua estreia no panorama literário com Casa de Pais…Escola de Filhos (Livros Horizonte, 2012), Eva Delgado-Martins, psicóloga educacional, apresenta aos leitores o seu mais recente livro. Conversas com Pais compila vários textos publicados no DN Magazine, e está distribuído por quatro grupos de temas. A Infância é a primeira temática que agrupa catorze artigos curtos sobre os primeiros anos de desenvolvimento da criança com o meio onde vive e interage. A autora desmistifica estereótipos e crenças sem fundamentos que muitos pais têm sobre os cuidados a ter com os recém-nascidos e a melhor comunicação que deverá ser adoptada. Porque tudo começa no berço, desde a mais tenra idade devemos, educadores, estar preparados com a instrução pedagógica mais adequada que iremos transmitir aos nossos educandos. A adolescência e a família são outros destaques que a autora analisa, afirmando que os jovens têm de ser ouvidos, têm de ser entendidos pelos pais através de um mútuo diálogo, para que o caminho para a idade adulta seja realizado com vagar e consciencialização dos passos, de cada passo. A escola e o papel dos professores e pais na fase mais importante do jovem; as dificuldades de aprendizagem como podem ser geridas e ultrapassadas; o bullyng e os seus efeitos na personalidade dos jovens; são assuntos abordados de forma simples e directa, com conselhos eficazes e úteis, e testemunhos de casos que passaram no consultório da doutora. É um livro que sempre será actual, e poderá ser consultado por pais, avós, professores, e todos os profissionais que lidam com crianças e adolescentes. Como afirma Daniel Sampaio no prefácio do livro «Conversas com Pais destina-se não só a pais mas também a todos os que ainda não desistiram de educar melhor.»

2 comentários:

Sara Cabral disse...

Um livro que todoos os pais deveriam de ler :)

Maria Vieira disse...

Gostava muito de ler este livro. É importante saber como educar, ensinar, ouvir, entender e falar com as nossas crianças.