quarta-feira, 1 de novembro de 2017

As cartas de Hannah Arendt e Martin Heidegger

A Guerra e Paz Editores acaba de publicar Cartas 1925-1975, compilação de toda a correspondência entre Hannah Arendt e Martin Heidegger reunida num único volume.
Com tradução do Alemão de Marco Casanova e adaptação para o português de Portugal de Helder Guégués, nesta obra estão coligidas o conteúdo de 50 anos de cartas. Cartas de amor, cartas de amizade, cartas de uma troca intelectual electrizante. 

Hannah Arendt (19061975) foi uma filósofa política alemã d eorigem judaica, uma das mais influentes do século passado.

Martin Heidegger (1889 – 1976) foi um filósofo, escritor, professor universitário e reitor alemão.

Sinopse
Este é o diálogo entre duas das mais importantes vozes filosóficas do século XX. Arendt conheceu Heidegger na Universidade de Marburgo. Ela era estudante, ele era professor. Ela tinha 19 anos. O professor tinha 36 e era casado. Tiveram uma relação amorosa, central na vida de ambos. Heidegger afirmou que o romance deles foi o «mais excitante, mais orientado e mais rico» período da sua vida.

1 comentário: